História

Histórico e Desenvolvimento da Instituição
A Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte foi instituída em Guarantã do Norte ao final do ano de 1999, tendo, no mês de dezembro deste mesmo ano, o seu primeiro vestibular para os cursos de Administração e Pedagogia, sendo mantida pela UFAF (União das Faculdades de Alta Floresta) e tendo como Diretor Presidente, o Prof. Dr. José Antônio Tobias.
A distância dos pólos de ensino superior, e anseio de ver seus filhos formados contribuíram para os moradores de Guarantã do Norte e região apoiarem a instalação e implementação da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte.
A publicação no D.O.U. autorizando o Curso de Administração de Empresas conforme Portaria n.º 1.540, de 19 de outubro de 1999 e o curso de Pedagogia autorizado pela Portaria n.º 1.541 de 19 de outubro de 1999, Licenciatura Plena com habilitação em Magistério das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio, foi o ponto principal para dar início às atividades educacionais que datam de janeiro de 2000. Posteriormente houve a autorização para o curso
de Ciências Contábeis.
A FCSGN encontra-se localizada na cidade de Guarantã do Norte a uma distância de 745 Km de Cuiabá, capital de Mato Grosso. Apesar da distância e das dificuldades apresentadas, nossos acadêmicos têm participado e promovido eventos com objetivo de aprimorar o crescimento cultural e participativo do País.
No ano de 2010 foram atualizadas as grades curriculares do curso de Administração e Ciências Contábeis para atender as necessidades da região em consonância com a legislação vigente.
Em meados de 2010 realizou-se reuniões, estudos na Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte, referente à atualizações necessárias no Projeto Político Pedagógico de Curso conforme as orientações contidas no PNE, Diretrizes Nacionais de Graduação em Administração, Ciências Contábeis, e Pedagogia, amparados pelo SINAES. Foi elaborado o projeto político pedagógico para o curso de Letras com habilitação Português/Espanhol, onde
o mesmo está protocolado,  recebendo autorização do MEC no ano de 2013.
A instituição obteve êxito quanto ao exame ENADE, que os acadêmicos fizeram, destacando o curso no Estado de Mato Grosso, obtendo a 1ª colocação entre as instituições do ensino superior, com nota três.

O Projeto Cidadania desenvolvido anualmente na sede da Faculdade, com destaque na região, no mês de setembro conta a participação dos acadêmicos, professores e profissionais da sociedade, oferecendo serviços voluntários para a população.
Do mesmo modo é realizada a Semana Pedagógica com oficinas, palestras, mesa redonda e atividades que envolvem docentes e discentes da instituição e de outras, e tem como público alvo os professores e acadêmicos da região voltados para uma educação atualizada.
No último semestre do curso de Bacharelado em Administração os acadêmicos devem apresentar o TCC que é um trabalho monográfico em que eles demonstram o aprendizado adquirido durante o curso, sendo o mesmo aberto ao público com uma participação significante da comunidade escolar.
Todos os anos, no mês de junho, na faculdade, é realizada a festa junina, com a participação dos acadêmicos, professores, funcionários e familiares, para interagir num momento de confraternização, socialização dos diferentes cursos.
Observando a necessidade de integrar-se à comunidade, é desenvolvido ainda o projeto “UFAF em seu Bairro”, onde acadêmicos e professores contribuem para o desenvolvimento da comunidade local através da integração sociedade – faculdade, oferecendo outros cursos através dos acadêmicos ou de voluntários que unem-se no mesmo objetivo de contribuir. Estes são cursos oferecidos gratuitamente à população local, ou com um custo mínimo.
O corpo docente da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte – FCSGN é constituído por professores formados capacitados e habilitados para todos os setores das atividades desempenhadas na instituição.
Cada ano é realizado vestibular para os três cursos, Bacharelado em Administração, reconhecido pela portaria número 4.030 de 06 de dezembro de 2004, Pedagogia, foi autorizado pela Portaria Ministerial n.º 71.541 /10/1999, e Ciências Contábeis autorizada pela portaria 468 de 27 de junho de 2008.
Os cursos de pós-graduação lato sensu e voltam-se à especialização e aperfeiçoamento e têm como objetivo atualizar e qualificar profissionais para atuar no mercado de trabalho de forma compatível com os avanços científicos e tecnológicos. Todos os cursos de Pós Graduação Lato Sensu oferecidos pela FCSGN são das áreas de conhecimento
dos cursos da UFAF conforme Art. 1º parágro 4º da Resolução N° 1, de 8 de junho de 2007 que estabelece as normas para o funcionamento de cursos de pós graduação lato sensu, em nível de especialização que diz:
§ 4° As instituições especialmente credenciadas para atuar nesse nível educacional poderão ofertar cursos de especialização, única e exclusivamente, na área do saber e no endereço definidos no ato de seu credenciamento, atendido ao disposto nesta Resolução.
A mantenedora União das Faculdades de Alta Floresta (UFAF) mantém um acompanhamento sistemático e harmonioso o que contribui para o bom desenvolvimento das atividades. A Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte vem crescendo continuamente demonstrando que acima de tudo o mais importante é a qualidade, e é neste conceito que esta instituição de ensino superior visa excelência no ensino, e
consequentemente como melhorias para toda comunidade acadêmica.
A Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte – FCSGN tem pela frente tarefas e desafios de grande envergadura para os próximos anos, cuja trajetória, se bem feita, contribuirá para a criação das bases necessárias, visado a uma nova concepção em nosso país.

Estes desafios e tarefas dizem respeito às estruturas acadêmicas e administrativas ao corpo social, que deverão ser aperfeiçoados, acoplados numa visão de conjunto no interior da realidade sócio-econômica e cultural do país, priorizando a cada instante, tanto realidades locais quanto globais.
No ano de 2010 foi organizado e planejado o I ENOMAC (1º ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE DE ADMINSTRAÇÃO E CONTABILIDADE), organizado pelos departamentos de Administração e Ciências Contábeis cujo foco foi debater sobre assuntos voltados ao campo profissional, os princípios e valores éticos e os desafios para os futuros profissionais. Para o evento a instituição buscou parceria com os respectivos conselhos de Administração
(CRA) e Contabilidade (CRC), que marcam presença no evento que tem como públicos profissionais das áreas a fins e estudantes universitários de Guarantã e região. Onde pretendeu-se fazer deste encontro um elo permanente da instituição, estudantes, classe empresarial e os conselhos regentes, buscando potencializar a formação acadêmica, e
apresentá-los ao mercado de trabalho.

No ano de 2015, o curso de Tecnologia em Agronegócio foi autorizado pelo MEC. Em 2016, foram publicadas no Diário Oficial da União, Seção 1 Edição nº 143 de 27/07/2016 Pág. 9. as portarias que que autorizam o funcionamento dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Psicologia, Farmácia, Enfermagem e Sistemas de informação. Um marco histórico para a Instituição, sob a direção do Diretor presidente Cássio Brizzi Trizzi e Diretora Geral, Fabiana Varanda Jorge.
Inserção Regional 
A microrregião de Guarantã do Norte situada no Norte Mato-Grossense possui uma área total de 42.462,202 km² e é formada pelos municípios de Novo Mundo, Matupá, Peixoto de Azevedo, Terra Nova do Norte, Marcelandia, Nova Guarita e do referido município.
Localizado a 745 km da capital do estado de Mato Grosso, Guarantã do Norte nasceu do assentamento agrário realizado pela Cooperativa Tritícola de Erechim Ltda. e Incra. Em 1980 chegaram as primeiras famílias vindas do Rio Grande do Sul que formaram a Vila Cotrel, e logo em seguida chegaram os Brasiguaios.

Segundo estimativa do IBGE, Guarantã do Norte atinge pouco mais de 32 mil moradores. O município de Guarantã do Norte e região são frutos de uma política do Governo Federal estimulando a ocupação da bacia amazônica nas décadas de 70 e 80, através de PACs (Programa de Assentamento Conjunto), sendo assim a região foi colonizada
recentemente e encontra-se em constante crescimento e desenvolvimento.
Em 2 de junho de 1982 moradores da região e autoridades representativas de órgãos estaduais lavraram a ata de fundação e em 1984 a vila foi elevada a categoria de distrito de Colíder. No dia 13 de maio de 1986 Guarantã do Norte transformou-se em município. O nome foi escolhido por existirem em abundância nas matas da região uma espécie de árvore popularmente conhecida por este nome, o norte foi acrescentado para diferenciar de um homônimo existente no estado de São Paulo. O município está crescendo e conta hoje com uma população estimada em 32.950 habitantes. O município nasceu com um ideal agropecuário e hoje fortalece cada vez mais este setor, principalmente com a preocupação de preservação do meio ambiente.
Devido à recente história regional temos o contexto econômico ainda em transição, anteriormente baseada em atividades extrativistas, para outras atividades como pecuária, e agricultura, que atualmente constituem os pilares econômicos e sustentáveis da região, na sequência temos o crescimento e desenvolvimento das atividades mercantis.
A região do extremo norte do Mato Grosso, em que a Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte atua, compreende os municípios de Guarantã do Norte, Matupá, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo, que atualmente encontram-se em desenvolvimento econômico, as expectativas quanto a conclusão do asfaltamento da rodovia BR 163, revelam o anseio e a busca da sociedade pela oportunidade que esta oferece de valorização ás cidades, a
instalação de novas empresas, geração de oportunidades de trabalho, entre tantos outros benefícios.
Diante deste contexto, a educação como base formadora da sociedade precisa desenvolver-se paralelamente ao contexto econômico e social, ou mais deve estar a frente habilitando profissionais para o mercado, oportunizando melhorias na renda per capita, pois, é notável que indivíduos devidamente capacitados rendem mais, e são melhores
remunerados, estabelecendo um movimento cíclico.
A FCSGN foi a pioneira instituição de ensino na microrregião a oferecer cursos de nível superior, atuando no mercado há dezessete anos, desenvolvendo-se com a cidade, e comprometida com o desenvolvimento político e sócioeconômico, atendendo os anseios da sociedade local e oportunizando às famílias a formação de seus filhos próximo a suas casas, agindo próativamente no contexto educacional, oferecendo a habilitação de profissionais devidamente
capacitados ao mercado de trabalho.
Analisando nossa região percebemos que a demanda por profissionais devidamente habilitados é ampla, principalmente se considerarmos a recente colonização e municipalização.
Diante deste contexto destacamos que a cidade está em emergente crescimento e desenvolvimento tornando a demanda favorável a implementação de mais cursos. Assim, a Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte estará cumprindo a sua função em habilitar profissionais para trabalhar na região extremo norte, contribuindo para o desenvolvimento de Mato Grosso e do Brasil.